13/07/2023 às 15h18min - Atualizada em 13/07/2023 às 15h18min

Polícia troca comando de investigação e procura torcedor que atirou garrafa

Torcedora morreu após ser atingida por estilhaços de uma garrafa arremessada contra a torcida do Palmeiras

Redação
Foto: Reprodução

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) assumiu a investigação da morte da torcedora Gabriela Anelli, de 23 anos. Ela morreu após ser atingida por estilhaços de uma garrafa arremessada contra a torcida do Palmeiras durante confusão antes do jogo entre o clube paulista e o Flamengo, no último sábado (8).

 

"Quem está assumindo o caso é o DHPP, pelo fato do crime, até o presente momento, estar sendo tratado como autoria desconhecida", disse nesta quinta-feira (13), Artur José Dian, delegado-geral.

A mudança ocorre por determinação da Justiça e após a revogação da prisão do torcedor do Flamengo Leonardo Felipe Xavier Santiago, de 26 anos.
 

Na decisão, a juíza considerou o delegado incialmente responsável pelo caso como "despreparado".

No entendimento do Ministério Público, baseado nas provas que existem até o momento, o arremesso da garrafa que atingiu e matou Gabriela Anelli foi feito por um torcedor do Flamengo ainda não identificado, filmado jogando o objeto contra a torcida do Palmeiras.
 

Segundo o delegado-geral, o trabalho agora é para identificar esse homem, além de outras pessoas que também arremessaram objetos.

Fonte: G1


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://maiscampos.com.br/.